________LEIA A MATÉRIA MAIS ABAIXO_______


Data: julho 23, 2021

Mulher simula próprio sequestro, usa filho e pede R$ 70 mil de resgate ao marido





Uma mulher foi presa, na última terça-feira (21/07), após forjar o próprio sequestro e do filho, de 3 anos, e pedir resgate ao próprio marido. Ela contou ao companheiro que iria levar o menino a uma consulta médica e logo depois mandou mensagens afirmando que tinha sido sequestrada e os criminosos queriam resgate de R$ 70 mil.


Depois de contar sobre o sequestro, ela chegou a colocar a criança chorando ao telefone para falar com o pai. A mulher foi identificada como Raimunda Souza, de 43 anos. As informações são da TV Globo.


Após ser informado sobre o sequestro, o marido entrou em contato com a Delegacia Antissequestro (DAS). Os policiais conseguiram confirmar que não havia consulta médica e encontraram a mulher e o filho na praça de alimentação de um shopping em Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio.


“Nós fizemos as diligências dentro do shopping e, por volta das 18h, a encontramos com a criança na praça de alimentação. Sem nenhum tipo de sequestro, sem estar ameaçada. Ela estava tranquilamente sentada com a criança”, afirmou o delegado Cláudio Góis, responsável pelo caso, em entrevista ao Bom Dia Rio, da TV Globo.


Raimunda foi levada para delegacia e confessou o crime. Ela disse que estava devendo dinheiro a agiotas, por isso teve a ideia de simular o próprio sequestro. “Nós a conduzimos até a delegacia e ela relatou que estava devendo dinheiro, tinha uma dívida muito grande em cartão de crédito, estava devendo a agiotas e teve a ideia de usar ela e o filho para tirar o dinheiro do marido e quitar a dívida”, contou Góis.


A mulher chegou a ser presa, mas foi liberada e responderá pelo crime de extorsão em liberdade. G1





______________________________________________________
COMPARTILHAR ARTIGO NAS REDES SOCIAIS
______________________________________________________





"Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem"

MAIS LIDAS