Públicidade

O comunista Papa Francisco recebe presidiários em sua residência no Vaticano


O Papa Francisco recebeu, nesta segunda-feira (21), cerca de 20 detentos da prisão de Rebibbia, em Roma, com os quais conversou em sua residência privada, a Casa Santa Marta. A informação foi divulgada em uma nota emitida pelo escritório da Santa Sé.


”Nesta manhã, na Casa Santa Marta, pouco depois das 8h45 (horário local, 3h45 de Brasília), o papa Francisco encontrou-se com um grupo de cerca de 20 detentos do Terceiro Centro Penitenciário de Rebibbia, acompanhados pelo diretor, o capelão e alguns funcionários”, declarou o comunicado.


Depois de se encontrar com o papa, o grupo também visitou os Museus do Vaticano, segundo acrescentou a nota. Durante seu papado, Francisco tem demonstrado grande proximidade com os detentos, com os quais se encontrou em numerosas ocasiões, chegando até mesmo a convidá-los para ir ao Vaticano.


Em 2018, por exemplo, o papa visitou a prisão romana de Regina Coeli, onde celebrou a missa da Quinta-feira Santa e disse aos detentos que a pena de morte “não é humana nem cristã”. Já em 2019, também nas celebrações da Quinta-feira Santa, Francisco lavou e beijou os pés de 12 detentos da prisão de Velletri, na Itália.

Postar um comentário

0 Comentários
Os cometários não representam opinião do site, a responsabilidade é unica do autor do comentário. Todos os comentários são revisados pela administração.

Publiciade

Publiciade