_________________________________________________________





Data: outubro 22, 2020

URGENTE: Brasileiro que morreu após testes tomou placebo




Foto: Internet

João Pedro Feitosa, que teve morte confirmada nesta quarta-feira (21) e participava dos testes da vacina de Oxford no Brasil.


Bolsonaro tinha e tem razão por revogar certidão de compra de 48 milhões de doce da vacina que ainda está em teste.


O medico morreu em testes da vacina que fez Dória zangar com Bolsonaro pelo simples fato do presidente não aceitar a compra da vacina que ainda não tem eficácia garantida. 


A UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) confirmou que o médico João Pedro Rodrigues Feitosa foi o voluntário que morreu de covid-19. Participava de testes da chamada vacina de Oxford. Foi aluno da instituição e tinha 28 anos de idade.


Segundo a UFRJ, o jovem médico atuava diretamente no combate à doença, nas redes pública e privada do Rio de Janeiro. Ele participou dos testes de uma vacina produzida em parceria entre a Fiocruz e a Universidade de Oxford, na Inglaterra.



Publicidade

NÃO OS DEIXE NOS CENSURAR, INSCREVA-SE EM NOSSO CANAL NO YOUTUBE

Acadêmico de Ciências Contábeis, articulista político, entusiasta da comunicação e marketing digital. Deus acima de tudo! - - SIMPLESMENTE MINHA OPINIÃO | ESSE BLOG É DE OPINIÃO PÚBLICA

______________________________________________________
COMPARTILHAR ARTIGO NAS REDES SOCIAIS
______________________________________________________






"Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem"

BOLSONARO 38 (OFICIAL)
Grupo Público · 18.035 membros
Participar do grupo
Temos total liberdade de apoiarmos a direita encabeçada por Jair Bolsonaro e depois Sergio Moro. junte-se a nós.

MAIS LIDAS