_________________________________________________________





Data: outubro 21, 2020

ABSURDO: Decisão do STF vai colocar 31 mil presos na ruas nos próximos dias




Foto: Internet


Nesta terça-feira, 20, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu conceder prisão domiciliar para "todos" os presos que têm guarda exclusiva de pessoas com deficiência e menores de 12 anos de idade.



O pedido de habeas corpus coletivo é uma ampliação do 'direito de prisão domiciliar' que foi concedido às detentas "mães" no início de 2018.


O STF só trabalha a favor da bandidagem, um exemplo disso foi a soltura do André do Rap que fugiu para o Paraguai. Todo sistema falhou ao soltar André do Rap.


O voto do ministro Gilmar Mendes, relator do caso, foi acompanhado pelos colegas Edson Fachin, Cármen Lucia e Ricardo Lewandowski.


Antes da leitura dos pareceres, o subprocurador-geral José Elaeres também se manifestou em nome do Ministério Público Federal (MPF) a favor da concessão do HC.


Gilmar Mendes registrou que há 'elementos concretos' que justificam a conversão da prisão preventiva em domiciliar nos termos solicitados pela Defensoria. O ministro citou o entendimento fixado pelo próprio Supremo em julgamento, em fevereiro do ano passado, que concedeu o benefício a grávidas e mães de crianças de até 12 anos.

Mais um vez o ministro Gilmar Mendes favorecendo a bandidagem e mostrando que o crime compensa no Brasil.

O STF é uma vergonha!



Publicidade

NÃO OS DEIXE NOS CENSURAR, INSCREVA-SE EM NOSSO CANAL NO YOUTUBE

Acadêmico de Ciências Contábeis, articulista político, entusiasta da comunicação e marketing digital. Deus acima de tudo! - - SIMPLESMENTE MINHA OPINIÃO | ESSE BLOG É DE OPINIÃO PÚBLICA

______________________________________________________
COMPARTILHAR ARTIGO NAS REDES SOCIAIS
______________________________________________________






"Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem"

BOLSONARO 38 (OFICIAL)
Grupo Público · 18.035 membros
Participar do grupo
Temos total liberdade de apoiarmos a direita encabeçada por Jair Bolsonaro e depois Sergio Moro. junte-se a nós.

MAIS LIDAS