_________________________________________________________





Data: maio 09, 2020

URGENTE: Alexandre de Moraes recebeu R$ 4 milhões de empresa alvo da PF




Foto: Internet

Você conhece o passado do de Alexandre de Moraes, o ministro do STF que mantém veto à nomeação de Ramagem na chefia da PF?


A Operação Acrônimo, coordenada por Polícia Federal e Ministério Público Federal, apreendeu documentos que indicam o pagamento de pelo menos R$ 4 milhões de uma das empresas investigadas, a JHSF Participações, de São Paulo, para a firma de advocacia do ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, entre 2010 e 2014.


Investigação que identificou pagamentos a advogado por empresa envolvida na Operação Acrônimo foi arquivada pelo ministro do STF, que ainda determinou sigilo sobre o processo. Aí ninguém fala nada!


Com documentação sob sigilo, Alexandre de Moraes sequer pôde sequer se perguntado sobre dinheiro suspeito.


O ministro tem alguma moral para tentar impedir o Presidente de nomear alguém? Sem contar que é um ministro que tem um passado totalmente sujo e corrupto.



Publicidade

NÃO OS DEIXE NOS CENSURAR, INSCREVA-SE EM NOSSO CANAL NO YOUTUBE

Acadêmico de Ciências Contábeis, articulista político, entusiasta da comunicação e marketing digital. Deus acima de tudo! - - SIMPLESMENTE MINHA OPINIÃO | ESSE BLOG É DE OPINIÃO PÚBLICA

______________________________________________________
COMPARTILHAR ARTIGO NAS REDES SOCIAIS
______________________________________________________






"Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem"

BOLSONARO 38 (OFICIAL)
Grupo Público · 18.035 membros
Participar do grupo
Temos total liberdade de apoiarmos a direita encabeçada por Jair Bolsonaro e depois Sergio Moro. junte-se a nós.

MAIS LIDAS