_________________________________________________________





Data: maio 03, 2020

Os Rumos do Brasil




Foto: Internet

Quando as principais instituições de um país perdem sua identidade, as chances de esse país falir são enormes. 

O Brasil se encontra nesta situação. 

Após quarenta anos de uma corrupção crescente, que se tornou cultural, temos a chance de voltarmos a ser um país com políticos honestos e justos. Com a eleição de Jair Messias Bolsonaro e a nomeação de Ministros de indubitável capacidade técnica, vemos acender uma luz no fim do túnel. 

Entretanto, a corrupção que se arraigou no Brasil tomou proporções gigantescas, incalculáveis e inimagináveis. 

A quadrilha que se formou, já na época do movimento “Diretas Já”, ganhou força e membros, o suficiente para que se alastrasse em todos os setores. 

O Executivo, o Legislativo e o Judiciário perderam suas identidades. O Legislativo ultrapassou seus limites, se achando no direito de invadir o Executivo, tendo, à sua frente, Rodrigo Maia e Davi Alcolumbre, respectivamente presidentes da Câmara dos Deputados e do Senado. 

O Judiciário resolveu que pode ir além de suas fronteiras, adentrando o Legislativo e criando leis e favorecendo os maiores bandidos da História do Brasil. Nomes como Lula e José Dirceu, entre tantos outros, foram beneficiados por leis que emanaram do Poder Judiciário. 

O Executivo? Bem, esta é a instituição que está se tornando a mais inoperante, restando, ao Presidente, a tarefa de aguardar que lhe tragam a papelada para ele, então, somente se dar o trabalho de assinar os documentos. 

Não bastasse isso, outros setores também foram contaminados pela corrupção, passando a atuar contrariamente ao Governo. A exemplo disso temos a velha e suja imprensa. Os principais veículos de comunicação, tais como a Rede Globo, Folha de São Paulo, o Estadão, revistas como a Veja e a Isto É, além de sites como o UOL Notícias não se cansam de atacar o Presidente e toda sua equipe, criando notícias falsas e deturpando outras, tentando fazer com que a opinião pública se volte contra a Presidência. 

A total falta de caráter parece ter se transformado em pré requisito para a candidatura e eleição de políticos, Ministros do STF e profissionais da comunicação. 

A situação ainda não tomou proporções ainda maiores (e piores) porque as redes sociais estão servindo de escudo e de arma aos brasileiros que desejam um país livre da corrupção e lutam por isso. 

Se não houver uma mudança radical em todo o sistema administrativo do Brasil, restará muito pouco a fazer. Uma vez que as Forças Armadas não podem (ou não querem) intervir, ou o povo parte para ações mais drásticas como paralisações totais, a exemplo do que aconteceu em maio de 2018, com a greve dos caminhoneiros, ou deixamos que o barco termine de afundar na lama da corrupção. 

Álvaro Henrique Metzger - Formado em Letras, técnico em informática e Web Designer autònomo 

- Cristão, conservador e apoiador na luta contra a corrupção. 

- Blog (Álvaro Brasileiro): https://www.alvarobrasileiro.com.br/




Publicidade

NÃO OS DEIXE NOS CENSURAR, INSCREVA-SE EM NOSSO CANAL NO YOUTUBE

Acadêmico de Ciências Contábeis, articulista político, entusiasta da comunicação e marketing digital. Deus acima de tudo! - - SIMPLESMENTE MINHA OPINIÃO | ESSE BLOG É DE OPINIÃO PÚBLICA

______________________________________________________
COMPARTILHAR ARTIGO NAS REDES SOCIAIS
______________________________________________________






"Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem"

BOLSONARO 38 (OFICIAL)
Grupo Público · 18.035 membros
Participar do grupo
Temos total liberdade de apoiarmos a direita encabeçada por Jair Bolsonaro e depois Sergio Moro. junte-se a nós.

MAIS LIDAS