Públicidade

ABSURDO: Justiça rejeita denúncia contra Verdevaldo por decisão de Gilmar

Foto: Internet 

No mês passado, o Ministério Público Federal (MPF) denunciou Glenn Greenwald por ter auxiliado, incentivado e orientado os hackers durante o período das invasões de celulares da equipe da Lava-Jato.


Ontem, dia 6, o juiz Ricardo Leite, da 10ª Vara Federal em Brasília, rejeitou a denúncia oferecida pelo MPF contra Verdevaldo. O magistrado disse em documento, que, “por ora”, não receberá a denuncia seguindo uma liminar de Gilmar Mendes, que proíbe qualquer investigação ao membro do The Intercept:


“Deixo de receber, por ora, a denúncia em desfavor de Glenn Greenwald, diante da controvérsia sobre a amplitude da liminar deferida pelo Ministro Gilmar Mendes na ADPF nº 601, em 24/08/2019.”


Enquanto isso, Allan dos Santos, jornalista e fundador do portal Terça-livre, foi convocado pelo STF para um interrogatório e sequer foi-lhe informado o motivo da intimação – o STF tampouco liberou os autos aos advogados de Allan.

Postar um comentário

0 Comentários
Os cometários não representam opinião do site, a responsabilidade é unica do autor do comentário. Todos os comentários são revisados pela administração.

Publiciade

Publiciade