Públicidade

Lava-Jato mira corrupção em repasses bilionárias para empresa de filho de Lula


A 69ª fase da Lava Jato de Curitiba investiga – de forma mais aprofundada – transações suspeitas de empresas controladas por Fábio Luis Lula da Silva, filho do condenado Lula.
Anúncios

Os repasses financeiros são suspeitos, por isso merecem o olhar da Polícia Federal. Entre as empresas investigadas estão a Oi/Telemar e o conglomerado de Lulinha, a Gamecorp/Gol.

Até o laranja do sítio de Atibaia, Fernando Bittar, está envolvido na jogada.

A PF cumpre 47 mandados de busca e apreensão nessa nova investida.

Postar um comentário

0 Comentários
Os cometários não representam opinião do site, a responsabilidade é unica do autor do comentário. Todos os comentários são revisados pela administração.

Publiciade

Publiciade