Prefeito destina verba que seria do carnal 2020 para instalar ar-condicionados em escolas



Prefeito destina verba que seria do carnal 2020 para instalar ar-condicionados em escolas





É incontestável o fato de que o Carnaval é o feriado favorito da maioria dos brasileiros, porém, com a recente crise financeira do país e com a caótica situação em que se encontram diversas cidades, as prioridades de investimentos estão tomando rumos diferentes. Para comprovar isso, Luciano Azevedo, prefeito de Passo Fundo, no Rio Grande do Sul, resolveu pegar a verba de R$400 MIL que seria destinada às escolas de samba no carnaval do próximo ano e investir todo o valor na melhoria da estrutura das escolas municipais.



Mais do que carnaval, brasileiro deseja mesmo é ter uma vida digna e ver seus impostos sendo utilizados para isso. Após sugerir a utilização da verba carnavalesca para a melhoria das escolas, os moradores se expressaram aderindo à ideia de maneira positiva, tendo 100% de apoio a iniciativa do prefeito. Com isso, instalou-se cerca de 400 ar-condicionados nas salas de aula das escolas de educação infantil.


Segundo as autoridades, a tradição do carnaval na avenida principal da cidade não é a mesma há anos, já que recentemente uma onda de violência, desordem e vandalismo acontece. Para o prefeito – e os moradores – continuar investindo o dinheiro público do contribuinte nisso não faz mais sentido, pois agradava apenas uma minoria, o que mostra bastante sensatez em entender a real necessidade da população.


Os pais dos alunos que estudam nas escolas beneficiadas ficaram ainda mais satisfeitos com a decisão, “Se todo o ano o investimento do dinheiro for o mesmo, em prol da educação, segurança ou na própria estrutura da cidade, vamos sentir a diferença lá na frente.”, argumentou a mãe de um aluno.


Na sua opinião, o dinheiro do carnaval deve ou não ser redirecionado para a melhoria da estrutura das cidades?


Fonte do conteúdo: Portal PB Fotos: Divugação



Publicidade


COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS
"Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem"

Pátria amada Brasil até morrer!
Grupo Público · 50.197 membros
Participar do grupo
Temos total liberdade de apoiarmos a direita encabeçada por Jair Bolsonaro e depois Sergio Moro. junte-se a nós.