PF através de perícia encontra 1,5 milhão nos registros contábeis da Odebrecht, dinheiro esse repassados para codinomes com associação ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia e seu pai, vereador César Maia do Rio de Janeiro. 


Dodge envia petição ao STF, que há indícios de corrupção e lavagem de dinheiro. A assessoria de Maia informou que ele não vai se manifestar agora. 


Melhor esperar a poeira baixar!

Aylton Viana - Direto da redação Jornal316 

Deixe sua opinião, ela é muito importante!